Casa do CORTEN  

Visitas Favor Agendar com Talita
Rua Bras de Pina, 64 - Ipiranga
São Paulo - SP - CEP: 04225-080
11 2215-2858 | 95488-6220

WHATSAPP 98423-5174
E-mail: adriano@corten.ind.br


 

AÇO CORTEN

 

 

Escultura em Aço Corten representando a família

 

ESCULTURA-EM-AÇO-CORTEN-INICIAIS-DA-FAMILIA.jpg
CORTEN-ESCULTURA-INICIAIS-DA-FAMILIA.jpg

Revestimento em Aço Corten. Obra entrega em Dezembro de 2017 loja YOGINI Shopping Eldorado

LOJA-EM-ACO-CORTEN

Revestimento em Aço Corten. Obra entrega em Dezembro de 2017 loja YOGINI Shopping Patio Paulista

 

REVESTIMENTO-DE-LOJA-EM-AÇO-CORTEN.jpg
NICHO_EM_ACO_CORTEN.png

O aço é a mais versátil e a mais importante das ligas metálicas.
O aço é produzido em uma grande variedade de tipos e formas, cada qual atendendo eficientemente a uma ou mais aplicações. Esta variedade decorre da necessidade de contínua adequação do produto às exigências de aplicações específicas que vão surgindo no mercado, seja pelo controle da composição química, seja pela garantia de propriedades específicas ou, ainda, na forma final (chapas, perfis, tubos, barras, etc.).
Existem mais de 3500 tipos diferentes de aços e cerca de 75% deles foram desenvolvidos nos últimos 20 anos. Isso mostra a grande evolução que o setor tem experimentado.


Os aços-carbono possuem em sua composição apenas quantidades limitadas dos elementos químicos carbono, silício, manganês, enxofre e fósforo. Outros elementos químicos existem apenas em quantidades residuais.
A quantidade de carbono presente no aço define sua classificação. Os aços de baixo carbono possuem um máximo de 0,3% deste elemento e apresentam grande ductilidade. São bons para o trabalho mecânico e soldagem, não sendo temperáveis, utilizados na construção de edifícios, pontes, navios, automóveis, dentre outros usos. Os aços de médio carbono possuem de 0,3% a 0,6% de carbono e são utilizados em engrenagens, bielas e outros componentes mecânicos. São aços que, temperados e revenidos, atingem boa tenacidade e resistência. Aços de alto carbono possuem mais do que 0,6% de carbono e apresentam elevada dureza e resistência após têmpera. São comumente utilizados em trilhos, molas, engrenagens, componentes agrícolas sujeitos ao desgaste, pequenas ferramentas etc.
Na construção civil, o interesse maior recai sobre os chamados aços estruturais de média e alta resistência mecânica, termo designativo de todos os aços que, devido à sua resistência, ductilidade e outras propriedades, são adequados para a utilização em elementos da construção sujeitos a carregamento. Os principais requisitos para os aços destinados à aplicação estrutural são: elevada tensão de escoamento, elevada tenacidade, boa soldabilidade, homogeneidade microestrutural, susceptibilidade de corte por chama sem endurecimento e boa trabalhabilidade em operações tais como corte, furação e dobramento, sem que se originem fissuras ou outros defeitos.

 

Os aços estruturais podem ser classificados em três grupos principais, conforme a tensão de escoamento mínima
especificada:
Tipo Limite de Escoamento Mínimo, MPa
Aço carbono de média resistência 195 a 259MPa
Aço de alta resistência e baixa liga 290 a 345MPa
Aços ligados tratados termicamente 630 a 700MPa


Dentre os aços estruturais existentes atualmente, o mais utilizado e conhecido é o ASTM A36, que é classificado como um aço carbono de média resistência mecânica. Entretanto, a tendência moderna no sentido de se utilizar estruturas cada vez maiores tem levado os engenheiros, projetistas e construtores a utilizar aços de maior resistência, os chamados aços de alta resistência e baixa liga, de modo a evitar estruturas cada vez mais pesadas.
Os aços de alta resistência e baixa liga são utilizados toda vez que se deseja:
• Aumentar a resistência mecânica permitindo um acréscimo da carga unitária da estrutura ou tornando possível
uma diminuição proporcional da seção, ou seja, o emprego de seções mais leves;
• Melhorar a resistência à corrosão atmosférica;
• Melhorar a resistência ao choque e o limite de fadiga;
• Elevar a relação do limite de escoamento para o limite de resistência à tração, sem perda apreciável da ductilidade.

 

Dentre os aços pertencentes a esta categoria, merecem destaque os aços de alta resistência e baixa liga resistentes à corrosão atmosférica chamados de AÇO CORTEN. O Aço Corten foiapresentado ao mercado norte-americano em 1932, tendo como aplicação específica a fabricação de vagões de carga. Desde o seu lançamento até nossos dias, desenvolveram-se outros aços com comportamentos semelhantes, que constituem a família dos aços conhecidos como patináveis. Enquadrados em diversas normas, tais como as normas brasileiras NBR 5008, 5920, 5921 e 7007 e as norte-americanas ASTM A242, A588 e A709, que especificam limites de composição química e propriedades mecânicas, estes aços têm sido utilizados no mundo inteiro na construção de pontes, viadutos, silos, torres de transmissão de energia, etc. Sua grande vantagem, além de dispensarem a pintura em certos ambientes, é possuírem uma resistência mecânica maior que a dos aços carbono. 

Em ambientes extremamente agressivos, como regiões que apresentam grande poluição por dióxido de enxofre ou aquelas próximas da orla marítima, a pintura lhes confere um desempenho superior àquele conferido aos
aços carbono.


O que distinguia o novo produto AÇO CORTEN dos aços carbono, no que diz respeito à resistência à corrosão, era o fato de que, sob certas condições ambientais de exposição, ele podia desenvolver em sua superfície uma película de óxidos aderente e protetora, chamada de pátina, que atuava reduzindo a velocidade do ataque dos agentes corrosivos presentes no meio ambiente.

 

 

História do AÇO CORTEN:

O AÇO CORTEN, (também comumente referido como cor-ten) foi usado em 1971 para uma ordem de vagões elétricos construídos pelo St. Louis Car Company para Illinoise Central Railroad. O uso de corten foi visto como movimento de corte de custos em comparação com o padrão automotora contemporânea de aço inoxidável. A maioria desses vagões ainda operam hoje.



AÇO CORTEN
Detalhes:

Aparência Rústica, se exposto ao tempo por vários anos.
Devido à sua composição química, o AÇO CORTEN aumenta a resistência à corrosão atmosférica em relação aos outros aços. Isto é porque o AÇO CORTEN forma uma camada protectora na sua superfície sob a influência do tempo, chamada pátina.
O efeito de retardamento da corrosão da camada de protecção é produzido pela distribuição em particular e a concentração de elementos de liga nele. A camada de protecção da superfície desenvolve e regenera continuamente quando sujeito à influência do tempo. Por conseguinte, o aço é permitido à ferrugem, a fim de formar o revestimento de protecção.
A formação, o tempo de desenvolvimento e efeito protector da camada de cobertura sobre o AÇO CORTEN depende em grande parte do carácter corrosivo da atmosfera. Sua influência varia e depende principalmente das condições climáticas. Em geral, a camada de cobertura oferece proteção contra corrosão atmosférica em ambiente industrial, urbano e clima rural. Em ambientes industriais a camada protetora forma mais rápida no aço e escurece mais do que nos meios rurais mais limpos. A camada de patina protectora não pode formar, no entanto, se a superfície do aço é continuamente húmida ou suja.


As Usinas que produzem o AÇO CORTEN tem a opção de usar elementos de liga para atender a essa exigência. A escolha e utilização destes elementos estão no moinho de produção e tem de ser avaliado na certificação de Usina
Peopriedades químicas incluem: cromo, cobre, silício,

Usos mais comuns são em estradas de ferro, esculturas, portas, portões, lareiras, churrasqueiras, vasos, paredes, fachadas, pontes e viadutos, estádios de futebol, edificios, caldeiraria entre outros.​

FACHADA-RESIDENCIA-EM-ACO-CORTEN

Para utilizar os benefícios da resistência à corrosão atmosférica mais elevada do AÇO CORTEN em comparação ao aço não ligado, é necessário que a concepção e execução de estruturas, assim como a realização de trabalhos de manutenção permitir uma formação impedido a regeneração da camada protectora da oxidação. Os métodos devem atender as últimas exigências do progresso técnico e deve ser adequado para a aplicação proposta.

AÇO CORTEN Propriedades Mecânicas
As propriedades mecânicas dos aços corten para chapas de aço laminados a quente, no estado de condição de entrega laminada a quente de acordo com a norma ASTM A588 e A242 o limite de escoamento mínimo é de 350 MPa e a resistência à tração é mínima de 500MPa.

Os resultados dos materiais testados mostraram que o AÇO CORTEN aumentou muito a resistência à corrosão atmosférica, quando comparado com aço carbono comum. Por outro lado, em condições úmidas ou enterrado a taxa de corrosão pode ser a mesma que a do aço carbono, tal como a patina estabilizar e não é, por conseguinte, não é recomendado. Em ambientes marinhos películas de óxidos estáveis podem se formar sobre o aço. Normalmente o uso sem pintura no aço carbono não é recomendado para aplicações sujeitas à maresia.
O Aço tende a enferrujar e geralmente é pintado antes de usar para evitar ferrugem ocorra. O AÇO CORTEN desafia essa concepção comum de aço, pois oferece quatro a oito vezes mais resistência à corrosão atmosférica do que o aço comum. Logo após a aplicação, o AÇO CORTEN começa a oxidação da mesma maneira como o aço normal. Mas, mais tarde, devido à ação de elementos de liga especiais, desenvolve uma película protetora contra a ferrugem e de textura fina na superfície. Esta película impede que a ferrugem atinja o metal de base. Esta camada "Patina" de aspecto enferrujado é propriedade que permite ao AÇO CORTEN ser usado sem pintura. Além disso, ao longo do tempo, a película protetora começa a criar distintamente um belo tom de cor que combina harmoniosamente com o clima e paisagem.

Aplicações do AÇO CORTEN


Painéis acústicos, Trens de Carga, Portas , Portões, Janelas, Pontes, Estradas, Decks, Torres, Reboques, Guindastes, Tanques, Equipamentos Agrícolas, Guarda cabo, Exaustores Industriais, Tabuleta, Outdoor, Suporta Arado de neve, Aparelhos de Ar Condicionado, Bandejas de cabo, Evaporadores, Racks de armazenamento, Secadores de pulverização, Trânsito caixas de sinal / Luzes, Pista de decolagem Luzes, Revestimento, Peças de chão, Pipe - Estrutural, Pilha, Transformadores, Aquecedores de ar, Pré Fabricados, Juntas de expansão do quadro, Torres de transmissão, Parque de diversões, Containers, Trocadores de Calor, Equipamentos de Controle de Poluição, Escadas e Corrimãos, Barris de lixo, Carregamento automático Transportes, Correias Transportadoras, Chaminés, Máquinas de escavação, Estruturas Metálicas, Coletores de Poeira, Barragens e Fechaduras,
Bombas e peças da bomba, Recipientes de armazenamento, Silos, Trólebus, Bins, Torres, Faról Maritimo, Aeropórtos, Peças Fogão, Caminhões, Peças de chão, Tubos Transportadores estruturais, Condutos Forçados, Hidroelétricas, Blowers, Precipitadores de poeira elétrica, Escadas, Ferrovia torres de sinalização e caixas, Tanques, Grelhas de ventilação, Parafusos e Porcas, Equipamentos de movimentação de terra, Escavadeiras, Munck, Carrinhos de mão

Podemos fabricar qualquer projeto proposto


Resistente à corrosão e ao tempo, aço soldavél de alta resistência mecânica

O AÇO CORTEN é produzido em bobinas que cortamos em chapas de 2, 3 e 6 metros, a partir de 2mm de espessura, é um Aço Lâminado a quente. É também produzido em Chapas Grossas de 6 a 12 metros, nas espessuras de 1/4"- 6,35mm a 4"- 100mm quatro Polegadas.

FACHADA-DE-HOTEL-EM-ACO-CORTEN
CACHEPOTS-EM-CORTEN.jpg